sexta-feira, 14 de junho de 2024

Lançamento do livro O Racismo me Faz Sentir Frio

O Racismo me Faz Sentir Frio


Sinopse: A obra apresenta sensíveis e intensas narrativas poéticas enredadas por diversos temas, como racismos, subjetividades, desigualdades, amores e cotidianidades. Sem dúvida, um livro primordial para se refletir e criar outros modos de pensar e viver! Portanto, oportuno para o momento! O livro está disponível para aquisição nos formatos impresso e digital no site da editora CRV, clique aqui.

sábado, 8 de junho de 2024

Artigo - Nos ritmos do funk: juventudes periféricas e subjetividades (SIG Revista de Psicanálise - Sigmund Freud Associação Psicanalítica - Porto Alegre/RS)


Olá, Pessoal.

Compartilho com vocês o artigo Nos ritmos do funk: juventudes periféricas e subjetividades, publicado pela SIG Revista de Psicanálise (Sigmund Freud Associação Psicanalítica - Porto Alegre/RS).


(Clique na imagem para ampliá-la)


Para download, clique aqui.

terça-feira, 14 de maio de 2024

Vulgo Elemento - A Lágrima de um Palhaço - Parte III [Lyric Video]

 Vulgo Elemento - A Lágrima de um Palhaço - Parte III [Lyric Video]

Featuring Érika Hansen - Produção DJ Duck Jam




Para escutar a Trilogia, é só clicar nos títulos a seguir:




As músicas estão disponíveis nas principais plataformas digitais! 

segunda-feira, 6 de maio de 2024

Água para beija-flor (Vulgo Elemento)

 

Água para beija-flor

A água que lhe agrada já está na minha varanda

perto da janela, ao lado do raio de sol; a manhã está branda

 

Sempre quando desejar, pode vir me visitar

Aproxime-se do seu jeito, não precisa me avisar

 

Saiba que jamais pretendo lhe enganar, capturar ou maltratar

Só quero cuidar e apreciar a sua beleza, que me traz bem-estar

 

Beija-flor mensageiro, com a sua graça, emana energia sentida

Porque, se entra na minha casa, também entra na minha vida

 

(Vulgo Elemento)


sábado, 20 de abril de 2024

Livro: Racismos, infâncias e juventudes: entre a (des)proteção, o extermínio e a educação


 Racismos, infâncias e juventudes: 

entre a (des)proteção, o extermínio e a educação



Organização: Eunice Terezinha Fávero e Adeildo Vila Nova.  

“Esta obra é mais um desdobramento dos estudos, debates e pesquisas realizados pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Crianças e Adolescentes – Ênfase no Sistema de Garantia de Direitos (NCA-SGD), do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), que tem se debruçado sobre os nexos existentes entre questão social, relações étnico-raciais no Brasil e a intransigente defesa dos direitos de crianças, adolescentes, jovens e suas famílias.”

 

Para adquirir o livro, clique aqui.

Para assistir às palestras que culminaram nas produções dos textos “O que o rap tem a dizer sobre o extermínio da juventude negra, pobre e periférica?” (Daniel Péricles Arruda) e “Territórios e racismo ambiental: algumas aproximações sobre infâncias, adolescências e juventudes periféricas” (Rodrigo Diniz), clique aqui.

 

quarta-feira, 27 de março de 2024

Lançamento do livro O Racismo me Faz Sentir Frio

O Racismo me Faz Sentir Frio




Sinopse: A obra apresenta sensíveis e intensas narrativas poéticas enredadas por diversos temas, como racismos, subjetividades, desigualdades, amores e cotidianidades. Sem dúvida, um livro primordial para se refletir e criar outros modos de pensar e viver! Portanto, oportuno para o momento! O livro está disponível para aquisição nos formatos impresso e digital no site da editora CRV, clique aqui.

quinta-feira, 21 de março de 2024

Lançamento do livro O Racismo me Faz Sentir Frio

Aproveito essa importante data, 21 de março – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial –, para o lançamento do livro O Racismo me Faz Sentir Frio. 



Sinopse: A obra apresenta sensíveis e intensas narrativas poéticas enredadas por diversos temas, como racismos, subjetividades, desigualdades, amores e cotidianidades. Sem dúvida, um livro primordial para se refletir e criar outros modos de pensar e viver! 

Portanto, oportuno para o momento! 

O livro está disponível para aquisição nos formatos impresso e digital no site da editora CRV, clique aqui.

quarta-feira, 20 de março de 2024

Revolução do Óbvio (Vulgo Elemento)


Revolução do Óbvio


Se o óbvio não é exercido, teremos problemas…
 

Se o óbvio é praticado, faremos revolução…

 

... Olá

… Bom dia

… Boa tarde

… Boa noite

… Obrigado

… De nada

… Desculpa

… Perdão

… Com licença

... Por atenção

… Por favor

... Por delicadeza

… Por obséquio

… Por gentileza

 

 

(Vulgo Elemento) 

sexta-feira, 15 de março de 2024

Gravação: A Lágrima de um Palhaço - Parte III - Vulgo Elemento


Etapa final da gravação da música A Lágrima de um Palhaço - Parte III, fechando a trilogia. Featuring Erika Hansen, produção DJ Duck Jam (SET Estúdio).










quinta-feira, 7 de março de 2024

8 de Março – Dia Internacional da Mulher - Não sei não conceder flores (Vulgo Elemento)

 

8 de Março – Dia Internacional da Mulher

Não sei não conceder flores

 


Não sei não conceder flores…

 

Por favor, não me igualem aos outros

que lhes dão flores para cobrir os erros,

ou as dores, que causaram, provavelmente…

 

Essas flores simbolizam respeito

e reconhecimento da luta…

 

Porque as flores também combatem as

intempéries da vida… Elas não são culpadas,

são espadas disfarçadas para proteger e acariciar…

 

Essas flores, além da poesia, são para parabenizar!

 

(Vulgo Elemento)

sábado, 24 de fevereiro de 2024

sábado, 17 de fevereiro de 2024

Escuta(a)dor (Vulgo Elemento)


 Escuta(a)dor


Diga-me o que se passa, enquanto o Bem-te-vi canta lá fora

 

Bem-te-vi, Bem-te-vi, Bem-te-vi...

Bem, te vi - Bem, te vi - Bem, te vi...

 

Se desejar, fale livremente; eu não sou juiz do verbo

Escuto o que fala, enquanto escuta a si mesmo

Não se importe se o vento vem do mar ou está a esmo

 ...

Você escutou o pássaro que cantou em suas palavras, agora?

 

Mal-vi-vi, Sem-dor-mir, Não-con-se-gui...

Me-par-ti, No-chão-caí, A-dor-senti...

Es-tou-a-qui, Que-ro-fu-gir, Pra-não-fun-dir...

No-a-ma-nhã, Ter-con-di-ções, Vol-tar-a-sor-rir...

 

(Vulgo Elemento)

terça-feira, 6 de fevereiro de 2024

Voto de Congratulações - Cinquentenário da Cultura Hip-Hop

Excelentíssima Senhora Deputada Estadual Andréia de Jesus 


Agradeço o Voto de Congratulações enviado por Vossa Excelência em relação ao cinquentenário de luta e resistência da cultura Hip-Hop. É relevante dizer que o reconhecimento promovido por Vossa Excelência, por meio da Comissão de Direitos Humanos, na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, legitima a história e a importância dessa cultura para nossa sociedade.


Atenciosamente,

Daniel Péricles Arruda (Vulgo Elemento).


(Clique na imagem para visualizar)



sábado, 3 de fevereiro de 2024

50 Anos da Cultura Hip-Hop


50 Anos da Cultura Hip-Hop 


Na década de 1990, eu e minha irmã, Miss Black, formávamos o grupo de rap chamado Reação em Cadeia. Essa foto é da apresentação que fizemos no bairro Icaivera, em Contagem/MG. Compartilho essa lembrança para homenagear os 50 anos da Cultura Hip-Hop!!! Salve!!! 💓



🎧🎤🕺🏽🎨📚⁣⁣

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

Se o poeta falar num gato (Mario Quintana)

 

Se o poeta falar num gato (Mario Quintana) 


Se o poeta falar num gato, numa flor, 

num vento que anda por descampados e desvios 

e nunca chegou à cidade... 

se falar numa esquina mal e mal iluminada... 

numa antiga sacada... num jogo de dominó... 

se falar naqueles obedientes soldadinhos de chumbo que

                                                              [morriam de verdade... 

se falar na mão decepada no meio de uma escada 

de caracol... 

Se não falar em nada 

e disser simplesmente tralalá... Que importa? 

Todos os poemas são de amor!


sábado, 20 de janeiro de 2024

Seu espírito (Vulgo Elemento)

 

Seu espírito



Repousa o seu espírito na margem do mar e espera…

Não desanime perante o fim da trilha. A mata é só um caminho que ainda não vemos… Parece estar fechada, mas é para guardar os seus futuros passos…

Concentre-se… Respire fundo e aprenda a ignorar as ignorâncias daqueles que não sabem quanto seu desejo é profundo…

Busque proteção e paz nas palavras de esperanças e nos bons pensamentos… Trabalhe o perdão. Perdoar é libertar-se. Podemos conversar mais sobre isso!

Não se deixe levar por riachos que não são para você. Não desperdice energias, tampouco tempo…

Não se entristeça com aqueles que duvidam do seu sonho. Deixe que cada um cuide de seu próprio pesadelo…

E o que você faz, é realmente o que deseja?

Abra o coração ao próximo, compartilhe o seu amor, estenda a mão… Lembre-se  que o outro é livre para escolher o que quer…

Não desista diante das dificuldades… A chuva sempre passa…

Se você viveu até aqui, e pensa que é o mesmo, recomendo pensar um pouco.

 

 (Vulgo Elemento)


quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Tudo o que preciso é de alguém que não me julgue

 

Tudo o que preciso é de alguém que não me julgue



A sociedade tem facilidade para julgar. E é notório que cada sujeito tem em si o seu próprio juiz...

Por isso: 

Não julgue os meus sentimentos; são meus, mais ninguém poderá senti-los…

Não julgue o meu modo de vestir, pois é assim que eu me sinto bem… 

Não julgue a minha gargalhada, serve para filtrar as densidades da vida…

Não julgue as minhas palavras, elas são portadoras de conteúdos sensíveis…

Não julgue…

Apenas: escute…

 

(Vulgo Elemento)


segunda-feira, 15 de janeiro de 2024

Refugiado (Vulgo Elemento)

 

Refugiado

 


São diversos os modos para nomear as pessoas

Refugiado, imigrante, turista, gringo, visitante...

Os nomes, ora, enganam

 

É para fugir do preconceito e do rancor

Nesse mundo, ninguém está de favor

Mas, pelo horror, é preciso sair

Até mesmo, sem saber aonde ir

 

Outro país, outra cultura. Quem tem o poder da caneta?

Não é tão simples assim... É como ir para outro planeta

É preciso sensibilidade para entender a gente

Ninguém vive na terra ilegalmente

 

E isso é exatamente o que querem que você acredite

Refugiar-se é um ato de denúncia, não duvide

 

Saí do meu país somente com o meu corpo e muitas histórias para contar

Isso é tudo o que eu tenho... Por favor, onde posso guardar?


(Vulgo Elemento)

 

sábado, 13 de janeiro de 2024

Sabia? (Vulgo Elemento)

 

Sabia?

 Sabia que você é o amor da minha vida?

Sabia que passei o dia inteiro pensando em você?

Sabia que senti o seu perfume ao amanhecer?

 

Na verdade, nem eu sabia que sabia:

Foi a saudade que me contou!


(Vulgo Elemento)


quinta-feira, 11 de janeiro de 2024

Artigo - Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa e saúde mental: uma revisão integrativa - Revista Argumentum (UFES)

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa e saúde mental: 

uma revisão integrativa 

Revista Argumentum - Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).


Resumo: Este estudo teve por objetivo conhecer e analisar as produções científicas nacionais, publicadas entre 2001 e 2021, que abordam sobre a saúde mental de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto ou fechado no Brasil. Para isso realizou-se revisão integrativa de literatura nas bases de dados SciELO, PubMed, Portal BVS e Portal de Periódicos CAPES/MEC, totalizando 2.381 registros. Após estabelecimento de critérios de inclusão e exclusão foram selecionados para análise 14 artigos, que foram divididos em 3 eixos de análise: patologização e/ou medicalização; percepção de profissionais/instituição; e eventos estressores, fatores de risco e de proteção. A análise dos resultados permitiu constatar a excessiva medicalização e produção de diagnóstico psiquiátrico de adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação, bem como as barreiras de acesso destes a serviços de saúde mental. Também revelou trajetórias de vida marcadas por violência e desproteção social, com forte incidência de fatores de risco e ausência de fatores de proteção.

Palavras-chave: Adolescente. Ato infracional. Medida socioeducativa. Saúde mental. 

Autores: Ana Clara Gomes Picolli e Daniel Péricles Arruda.


Gostaria de agradecer a Ana pela parceria e confiança!


Para acessar o artigo, clique aqui.


terça-feira, 9 de janeiro de 2024

Ameaça de amor (Vulgo Elemento)

 Ameça de amor

Vou seguir você, escondido pelas ruas dos meus sonhos.

Vou segurar seus cabelos, enquanto a beijo.

Colar o meu corpo ao seu

Puxando-a intensamente pela cintura.

 

Vou respirar pela sua boca,

Sentir o seu gosto,

Viajar pelo seu corpo.

Até outra dimensão...

 

Olharei profundamente em seus olhos.

Acariciarei suas bochechas, que amo tanto!

E lhe perguntar: “Quem é que te ama?”.

Gostaria que me dissesse: “Você!”

 

Quero que fique em mim o perfume da sua pele.

Pois vou me entregar sem ter medo de me perder.

Com você, quero viver o ontem, o hoje, e o que vier!

Quero isso tudo, a menos que você não quiser... 


(Vulgo Elemento)

 



Afeto & Autoritarismo: expressões psicossociais da política brasileira

Afeto & Autoritarismo: expressões psicossociais da política brasileira

Bader Sawaia, Renan Albuquerque e Flávia Busarello (orgs.)




A obra é constituída por textos de diversos/as autores/as que abordam relevantes temáticas para refletir a atualidade, organizado em três eixos temáticos: "Epistemologia da extrema direita", "Expressões das ruas" e "Resistências pela democracia".

Também compõe o livro o texto "Educação como resistência: práticas cotidianas de um saber-fazer pautado na educação popular", de Ana Carolina Gil, Samira Nagib e Daniel Péricles Arruda.

Expresso aqui os meus agradecimentos a Ana e Samira pela parceria e confiança! E agradeço e parabenizo aos organizadores por essa valiosa produção!


Para adquir o livro: clique aqui.

Para assisir a live de lançamento: clique aqui.


sábado, 13 de maio de 2023

Depois (Vulgo Elemento)

 Depois

 


A palavra depois é uma das mais importantes da vida 

Depois é um modo de negociar compromissos, ou deixar de fazê-los 

Depois pode não ter hora 

Depois pode causar esquecimento, ou ansiedade 

Depois tem potencial de ganhos e perdas 

Depois nos coloca no jogo, mesmo sem estarmos em campo 

Depois é uma forma de encerrar a partida sem o apito final 

Depois está para além do futuro 

Depois é a qualquer momento 

Depois é ganhar espaço 

Depois é dar um tempo 

Depois é desapego 

Depois é parente do amanhã 

Depois permite o sossego 


(Vulgo Elemento)

quinta-feira, 11 de maio de 2023

O tempo (Vulgo Elemento)

 O tempo


Às vezes...


O tempo é rápido 

E eu sou lento

 

O tempo é pesado

E eu sou leve

 

O tempo não passa

E eu a caminhar 

 

O tempo fica

E eu já não quero mais estar

 

O tempo é cinza

E eu sou florido

 

O tempo é criança 

E eu adulto demais 

 

O tempo é velho

E eu ainda não nasci

 

O tempo é remédio 

E eu o sintoma

 

O tempo é uma invenção

E eu sou a construção

 

O tempo é contado

E eu não sei os números

 

O tempo assusta

E eu já entendi 

 

O tempo explica

E eu já me escondi

 

O tempo foge

E eu adoro brincar de esconde-esconde

 

O tempo é longe

E eu estou por perto

 

O tempo não envelhece

E eu já não sou o mesmo desde a hora em que acordei para escrever esses versos

  

(Vulgo Elemento)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...