sexta-feira, 5 de agosto de 2022

VII Congresso Internacional Transdisciplinar sobre a Criança e o Adolescente - 2022

 VII Congresso Internacional Transdisciplinar sobre a Criança e o Adolescente

Instituto Langage - 2022

Simpósio: Tempos e subjetividades: reflexões sobre adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa - Daniel Péricles Arruda e Marília Rovaron.

Momento de reflexões e de trocas de experiências! Seguimos!!!





quinta-feira, 4 de agosto de 2022

VII Congresso Internacional Transdisciplinar sobre a Criança e o Adolescente - 2022

Realização: Instituto Langage 

Programação completa: clique aqui.

I Semana Cultural Preta - CRAS 3 Marias - Taubaté/SP

I Semana Cultural Preta - CRAS 3 Marias, Taubaté/SP

Roda de conversa sobre Racismo e o Trabalho Social com famílias. Obrigado a todos/as que participaram da atividade. Agradeço e parabenizo à equipe do CRAS 3 Marias por essa importante iniciativa!





terça-feira, 12 de julho de 2022

A sua arte (Vulgo Elemento)

A sua arte

 

A sua arte não está na quantidade de curtidas, compartilhamentos e visualizações...

Subvertendo as razões, certamente, a sua arte estará nos corações...

Mesmo sabendo que não se quantificam sensibilidades e nem subjetividades...

A sua arte é existência, que constrói caminhos e possibilidades...



Não se preocupe com a quantidade... Isso é volume, e não conteúdo...

Isso é profundo... É preciso enxergar diferente, esse mundo...

Sem fazer contas com os afetos...

A sua arte na vida alimenta projetos... [Já pensou nisso?]

A sua arte perturba o que muitos pensam que é “correto”...

Há muita discrepância entre desejo e dejeto...



Portanto, lembre-se de um detalhe que é imprescindível:

Mais importante do que o número de acessos, é manter a sua arte sempre, sempre, acessível...

 

(Vulgo Elemento)

terça-feira, 5 de julho de 2022

A noite inteira (Vulgo Elemento)

 


A noite inteira

 

Você passou a noite inteira abraçado comigo...

Travou as suas mãos para que eu não pudesse fugir...

Me algemou em seus braços...



E, como poderia fugir, se o meu desejo é fundir o meu corpo com o seu?



Você passou a noite inteirinha respirando ao meu ouvido...

A sua respiração é música, que tranquiliza a minha alma...

Que me faz sentir assim, como me sinto agora:

 

Amada...

 

(Vulgo Elemento)

 

sexta-feira, 17 de junho de 2022

Os Degraus (Mário Quintana)

 



OS DEGRAUS

 

Não desças os degraus do sonho

Para não despertar os monstros.

Não subas aos sótãos – onde

Os deuses, por trás das suas máscaras,

Ocultam o próprio enigma.

Não desças, não subas, fica.

O mistério está é na tua vida!

E é um sonho louco este nosso mundo...

 

(Mário Quintana)

quarta-feira, 8 de junho de 2022

40tão - Vulgo Elemento

 40tão - Vulgo Elemento

"Vem comigo, jow, mais um ano que passou/ 

A vida e os ciclos, parabéns, aqui estou/"


Ouça no Youtube, clique aqui.


quarta-feira, 1 de junho de 2022

Aproximações ao debate sobre o suicídio de adolescentes e jovens negros no Brasil (Revista da ABPN)

 Aproximações ao debate sobre o suicídio de adolescentes e jovens negros no Brasil

Daniel Péricles Arruda

Resumo: Dados recentes apresentam questões alarmantes sobre o suicídio de adolescentes e jovens negros no Brasil. Mais do que números, são trajetórias interrompidas pelo fim da própria vida. Portanto, faz-se necessário considerar a importância de discutir a prática do suicídio; certamente, um tema difícil, delicado, complexo, sensível, enigmático e que não se reduz ao ato em si, pois envolve vários outros significados e significantes, principalmente numa sociedade marcada estruturalmente pelas tramas do racismo.

Palavras-chave: Adolescência; Juventude; Racismo; Suicídio.

O artigo está disponível na nova edição da revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN). Para baixá-lo, clique aqui.



terça-feira, 31 de maio de 2022

sexta-feira, 27 de maio de 2022

A Unidade incompleta e a medida socioeducativa para fora dos muros - SUASE/SEJUSP

Webnário do Projeto #ConexãoSocioeducativa

Tema: A Unidade incompleta e a medida socioeducativa para fora dos muros

Sistema Socioeducativo de Minas Gerais
Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (SUASE)
Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP)


(Clique na imagem para ampliá-la)

 

Atividades Comemorativas do Serviço Social - UNIFESP - 2022

 Atividades Comemorativas do Serviço Social - UNIFESP - 2022

(Clique nas imagens para ampliá-las)




Para acessar a programação em PDF, clique aqui.





sexta-feira, 20 de maio de 2022

Sesc Piracicaba / SP

Declamar poesias, cantar rap, socializar narrativas... Assim foi a apresentação "Poéticas contra o racismo".

No dia seguinte, refletir com os/as trabalhadores/as da rede socioassistencial do município de Piracicaba/SP sobre as "Contribuições artísticas para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de abuso e exploração sexual".

Momentos enriquecedores!!!

Obrigado Sesc Piracicaba, SMADS e COMPETI pelo convite. E obrigado a todos/as pela presença!




quarta-feira, 18 de maio de 2022

Sesc Piracicaba / SP

Sesc Piracicaba / SP

Dia 19/05/22: Poéticas contra o racismo (Apresentação artística) 

Dia 20/05/22: Contribuições artísticas para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de abuso e exploração sexual (Palestra)


(Clique nas imagens para ampliá-las)








quarta-feira, 11 de maio de 2022

Arte e Serviço Social: aspectos necessários sobre o ser-artístico (Revista Katálysis - UFSC)

Olá, pessoal! 

Socializo o artigo Arte e Serviço Social: aspectos necessários sobre o ser-artístico, que acaba de ser publicado pela Revista Katálysis (UFSC). 

Para baixá-lo, clique aqui. 

--- 

Resumo: A finalidade deste artigo é apresentar alguns aspectos relevantes sobre a relação entre arte e Serviço Social. Com base em contribuições teóricas, na perspectiva interdisciplinar, na investigação qualitativa exploratória e com delimitação artística na música rap, foram analisadas duas canções: Periferia é o alvo, do grupo Visão de Rua – Dina Di (1976-2010), Tum e DJ O.G – e Rap é compromisso, de Sabotage (1973-2003). Inicialmente, apresenta-se a introdução; os procedimentos metodológicos; uma breve discussão teórica sobre a história da arte. Em seguida, um diálogo interdisciplinar sobre a arte; e, depois, apresenta-se a trajetória e as contribuições de Dina Di e Sabotage. Por fim, um debate sobre a formação, condição e expressão do ser-artístico. Ficou evidenciado que a arte, nesse caso, a arte periférica, o rap, é uma das modalidades artísticas que mais contribui para a profissão, pois apresenta o cotidiano repensado, ou seja, visto de modo crítico, além de apresentar subjetividades, peculiaridades e coletividades dos modos de vida, bem como elementos político-afetivos com base nas experiências socioterritoriais. 

Palavras-chave: Arte; Cultura Hip-Hop; Juventudes Periféricas; Ser-Artístico; Subjetividade.

segunda-feira, 9 de maio de 2022

Livro: Sujeitos Privilegiados

 Sujeitos Privilegiados, de Daniel Péricles Arruda

(@vulgoelemento)



Sinopse: Sujeitos Privilegiados é um livro de linguagem simples, com tom reflexivo, irônico, ardente, de leitura rápida, que reúne o encontro de palavras, frases, poesias, insights, imagens e outras enunciações. Trata-se de um material enxuto, porém, com desejo de ser profundo. É um livro pequenino, mas com o compromisso de dar importância ao debate sobre a estruturação do privilégio e das relações étnico-raciais, a partir de fatos da cotidianidade.

Para adquirir, clique aqui.

terça-feira, 12 de abril de 2022

Violação de Direitos e Racismo nos Territórios Periféricos - NCA-SGD / PUC-SP



 

Atividade Programada: Racismo na Infância, Adolescência e Juventude⁣⁣ ⁣⁣ 

Temática do segundo encontro: Violação de Direitos e Racismo nos Territórios Periféricos (08/04/22)⁣⁣ ⁣⁣

Palestrantes: Daniel Péricles Arruda e Rodrigo Diniz⁣⁣ ⁣⁣ 

Mediação: Adeildo Vila Nova⁣⁣ ⁣⁣ 

Coordenação: Eunice Fávero ⁣⁣ ⁣⁣ 

Organização: Núcleo de Estudos sobre Crianças e Adolescentes com Ênfase no Sistema de Garantia de Direitos (NCA-SGD) do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social (PPGSS | PUC-SP)⁣⁣ ⁣ 

Parabéns aos/às organizadores/as da atividade! Sem dúvida, foi um momento potente e reflexivo!!! Obrigado pelo convite!!!⁣

Para assistir a gravação, clique aqui.

sábado, 9 de abril de 2022

Violação de direitos e racismo nos territórios periféricos - NCA-SGD / PUC-SP

 


VIOLAÇÃO DE DIREITOS E RACISMO NOS TERRITÓRIOS PERIFÉRICOS⁣
Articular as dimensões das violações de direitos que atravessam a infância e juventude nos territórios periféricos como expressão de racismo. Problematizar o chamado racismo ambiental, ainda pouco debatido no ambiente acadêmico, mas entendendo que aquilo que o define traz elementos fundamentais para pensar a localização das periferias e sua discriminação geograficamente localizada. Discutir o racismo ambiental na periferia e meio urbano é compreender como expressão desse racismo o genocídio da juventude pobre e preta, o preconceito e a discriminação com a população residente nessas áreas, a desvalorização do território em relação ao todo da cidade –o que impacta diretamente na vida de crianças e adolescentes, que raramente chegam à universidade, por exemplo, e quando o fazem não se sentem pertencentes naquele lugar. ⁣
Palestrantes:⁣
Daniel Péricles Arruda⁣
Conhecido na cultura hip-hop como Vulgo Elemento. Rapper, poeta, arte-educa(a)dor, docente do curso de Serviço Social da Unifesp; coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Vivências Artísticas, Culturais e Periféricas.⁣
Rodrigo Diniz⁣
Doutor em Serviço Social pela PUC SP; Pesquisador dos Núcleos Cidades e Territórios e de Identidade da PUC SP; Professor da FAPSS/São Caetano do Sul.⁣
Mediação:⁣
Adeildo Vila Nova⁣
Assistente Social; doutorando no PPGSS/PUCSP; Pesquisador do NCA-SGD.⁣
Organização:⁣
Núcleo de Estudos sobre Crianças e Adolescentes com Ênfase no Sistema de Garantia de Direitos (NCA-SGD) do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social (PPGSS | PUC-SP)⁣
Para acessar via Youtube, clique aqui.


sábado, 2 de abril de 2022

Silêncio (Vulgo Elemento)

 


Silêncio (Vulgo Elemento) 

O silêncio é uma das formas de ouvir os gritos da alma...

Ouvir-se... Pensar-se... Alimentar-se... Analisar-se...

Às vezes, gastamos demasiada energia com palavras que não expressam bem o que queremos dizer, ou que não alcançam os objetivos esperados...

É comum acreditar que posicionamentos só são possíveis por meio de palavras... Isso é um equívoco... Pois o silêncio não é, exatamente, a ausência de palavras, ou gestos, tampouco um vazio sem significação; talvez seja o nascedouro, o refrigério do verbo...

Silêncio é comunicação... E existem vários tipos:

O silêncio que simboliza atenção, observação, emoção e suspensão...

O silêncio que expressa medo, dúvida, proteção e preocupação...

O silêncio da omissão, exclusão, violação e corrupção...

O silêncio da reflexão, satisfação, admiração e contemplação...

Há também o silêncio que abraça e conforta...

Há o silêncio que abre porta...

O silêncio questiona a falta e indaga sobre a presença... Entende?

O silêncio é uma das ruas por onde passa o inconsciente...

A verdade é que todo silêncio tem a sua interpretação... A sua linguagem é complexa e importante, difícil e necessária...

O silêncio não deve ser egoísta. Por ora, é preciso parar, escutar, elaborar e voltar à cena com outras enunciações, se for o caso...

Deixar o silêncio conduzir as palavras necessárias... Deixar o corpo repousar... Emitir palavras sem sons... Deixar se conduzir pelo silêncio do olhar, e piscar os olhos como se fossem vírgulas... Parágrafos...

Por isso, é preciso silenciar-se para ouvir a poesia do silêncio...

Silêncio...


quinta-feira, 31 de março de 2022

Racismo na Infância, Adolescência e Juventude, NCA, PUC-SP


VIOLAÇÃO DE DIREITOS E RACISMO NOS TERRITÓRIOS PERIFÉRICOS⁣
Articular as dimensões das violações de direitos que atravessam a infância e juventude nos territórios periféricos como expressão de racismo. Problematizar o chamado racismo ambiental, ainda pouco debatido no ambiente acadêmico, mas entendendo que aquilo que o define traz elementos fundamentais para pensar a localização das periferias e sua discriminação geograficamente localizada. Discutir o racismo ambiental na periferia e meio urbano é compreender como expressão desse racismo o genocídio da juventude pobre e preta, o preconceito e a discriminação com a população residente nessas áreas, a desvalorização do território em relação ao todo da cidade –o que impacta diretamente na vida de crianças e adolescentes, que raramente chegam à universidade, por exemplo, e quando o fazem não se sentem pertencentes naquele lugar. ⁣
Palestrantes:⁣
Daniel Péricles Arruda⁣
Conhecido na cultura hip-hop como Vulgo Elemento. Rapper, poeta, arte-educa(a)dor, docente do curso de Serviço Social da Unifesp; coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Vivências Artísticas, Culturais e Periféricas.⁣
Rodrigo Diniz⁣
Doutor em Serviço Social pela PUC SP; Pesquisador dos Núcleos Cidades e Territórios e de Identidade da PUC SP; Professor da FAPSS/São Caetano do Sul.⁣
Mediação:⁣
Adeildo Vila Nova⁣
Assistente Social; doutorando no PPGSS/PUCSP; Pesquisador do NCA-SGD.⁣
Organização:⁣
Núcleo de Estudos sobre Crianças e Adolescentes com Ênfase no Sistema de Garantia de Direitos (NCA-SGD) do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social (PPGSS | PUC-SP)⁣
A atividade será realizada presencialmente e restrita a alunas/os inscritas/os e convidadas/os com transmissão ao vivo para as demais pessoas acompanharem pelo canal do NCA-SGD e da TVPUC no Youtube pelo link, clique aqui.



quarta-feira, 16 de março de 2022

Matemática (Vulgo Elemento)

 

Matemática

Um certo tempo, eu não sabia; no paladar, já não sentia o gosto...

Encarar os números, as contas; minha mãe me colocou na aula de reforço...

Novinho, moleque pretinho; conheci uma professora especial...

Lisângela... A Lili...

Você me ensinou que a Matemática não é um bicho, que não me iria fazer mal...

Você me ensinou que a Matemática é muito mais do que números e equações, mas reflexão, história...

Realmente, a vida é uma Matemática, professora...

E quem, na vida, não precisa de reforço?

Em algum momento da vida, precisamos de apoio, precisamos de alguém que esteja mais perto e que nos dê limite; que nos incentive; que nos faça romper barreiras; que nos faça rir de nossas ‘besteiras’; alguém que diga:   

“Você vai conseguir! Você vai conseguir!” 

Alguém que nos ensine; que aprenda com os nossos becos; que não nos reprima diante dos nossos erros; alguém que nos dê parabéns, com os nossos acertos... 

Aprendi isso com você!

Obrigado, querida professora Lisângela...

(Vulgo Elemento)




quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Prova do Vulgo - Questão 1

Prova do Vulgo 

Questão 1

Assista ao vídeo e, em seguida, assinale a alternativa correspondente:

A - Liberdade

B - Rebeldia

C - Lazer

D - Férias

E - Todas as alternativas acima



sábado, 12 de fevereiro de 2022

Prazer, Coringa! (Vulgo Elemento)

 "Você escutou o que eu disse?

Sem escuta é como se me agredisse"

Prazer, Coringa! (Vulgo Elemento)

Videoclipe disponível no YouTube, clique aqui.

sábado, 5 de fevereiro de 2022

Prazer, Coringa! (Vulgo Elemento)

 "(...) Sou um sujeito mediado pelas artes/

Na correria, agrupando as minhas partes/ (...)"

Prazer, Coringa! (Vulgo Elemento)

Videoclipe disponível no YouTube, clique aqui.

sábado, 22 de janeiro de 2022

Bastidores

Bastidores de mais um dia de gravação do meu novo álbum...

E é bem assim: de grão em grão... Passo por passo... No ritmo da batida...

Obrigado, DJ Duck Jam e Erika Hansen por fazerem parte dessa construção musical! 





sábado, 15 de janeiro de 2022

SOL ENTRE NUVENS (Vulgo Elemento)

SOL ENTRE NUVENS

O sol também chove... Chuva de sol...

Tem dia que o sol tá friozinho...

Passa pelas nuvens...

Entra pela janela, sem pedir licença...

(Vulgo Elemento)


sábado, 8 de janeiro de 2022

O Show da Luna (Resenha)


Catharine adora assistir ao desenho O Show da Luna... São momentos de lazer e aprendizado! Outro dia, ao assistirmos um dos episódios, vivenciei uma experiência incrível... Então, resolvi escrever uma resenha para socializar com vocês! Assim: coisas que aprendemos e ensinamos com amor!

O Show da Luna

Resumo: Na resenha, apresenta-se uma analogia entre o episódio Perdidos no Deserto, da animação infantil O Show da Luna, e os processos da pesquisa acadêmica. A finalidade é refletir sobre o desenho e elucidar as simbologias na perspectiva da associação com os elementos necessários para elaborar uma investigação científica.

Palavras-chave: Crianças; Desenho animado; O Show da Luna; Pesquisa; Projeto.


Revista Nova Paideia – Revista Interdisciplinar em Educação e Pesquisa (RIEP)

 

Para baixar a resenha, clique aqui.




quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Uma nova História, feita de histórias: personalidades negras invisibilizadas da História do Brasil

Escrito por pesquisadoras e pesquisadores negros de diferentes lugares do Brasil, o livro resgata personalidades negras que merecem ser reconhecidas por suas contribuições à História. 16 textos apresentam escravizados, recém-libertos, líderes espirituais, políticos, educadores, artistas de diversos campos, mulheres que estudaram e empreenderam a despeito de todos os preconceitos de gênero e de raça, mulheres que abriram caminhos com suas próprias mãos. Em suma, pessoas que viveram em suas épocas e marcaram a nossa História. 

Viabilizado graças a uma iniciativa do empresário Maurício Rocha, em parceria com o selo Sueli Carneiro, coordenado por Djamila Ribeiro, o livro contribui para a construção de uma nova identidade brasileira, por meio do resgate de uma consciência ancestral e coletiva. 

Organizadores(as): Djamila Ribeiro, Lizandra Magon de Almeida e Maurício Rocha.

(Editora Jandaíra)”

---

Para adquirir o livro, clique aqui. 

Link da live de lançamento, clique aqui.

---

Novamente, expresso aqui os meus agradecimentos aos/às organizadores/as do edital Personalidades Negras – Mulheres e Homens Negros Invisibilizados no Brasil, que culminou na realização desse importante livro! Agradeço à editora Jandaíra pelo comprometimento e pela atenção! Parabenizo ao Robson, pelas criações das telas de cada personagem abordado nos artigos, em especial, obrigado pelo quadro que apresenta a imagem de King Nino Brown, de 1979. E, por fim, reafirmo o agradecimento ao mestre King Nino Brown, pelos ensinamentos, pela confiança e parceria que possibilitaram a construção do texto que faz parte desta produção: “Do Movimento Soul à Cultura Hip-Hop: a trajetória de King Nino Brown”.

Salve!

(Clique nas imagens para ampliá-las)






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...