segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Lançamento do livro "Espelho dos Invisíveis" no seminário "Da palavra ao texto: a construção da narrativa", NEPI/PUC-SP.

Salve, pessoal! Na próxima quarta-feira, dia 19/09/18, participarei do seminário "Da palavra ao texto: a construção da narrativa", realizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Identidade (NEPI), da PUC-SP.

Estarei presente no evento para falar sobre "Juventude periférica, cultura e narrativa" e lançar o meu livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa". 

(Clicar na imagem para ampliá-la)

Programação completa do seminário, AQUI.


quinta-feira, 12 de julho de 2018

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Espelho do Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa


Roda de conversa com jovens do Projeto Rotary/Rotaract (Santana de Parnaíba/SP)

Refletir sobre o preconceito e o protagonismo social com essa moçada do projeto Rotary/Rotaract, foi incrível...
Como mediação, me fiz passar por uma pessoa em situação de rua, sem que os participantes (os jovens) soubessem quem era eu.
Durante o tempo que fiquei na rua, na porta do evento, enrolado num cobertor, com um vasilhame na mão, vi e senti coisas marcantes, por exemplo: fui visto, fui invisibilizado, fui abordado por religiosos, fui expulso, recebi um copo de café com leite sem ter pedido, fui indagado sobre o meu nome, fui acusado de coisas que não fiz, fui saudado ao dar bom dia por alguns e também ignorado por outros, enfim...
Até que adentro o local do evento e sou apresentado como o palestrante. Logo: o impacto de todos que estavam ali...
...Não é tão simples falar dos preconceitos e dos modos para tentarmos superá-los... Por isso, sem dúvida, essa estratégia possibilitou, na hora da roda de conversa, um diálogo aberto, sincero e muito produtivo...
Obrigado Mateus, Maria Tereza e Mariana.



segunda-feira, 25 de junho de 2018

A arte como mediação no trabalho com adolescente

"Pensar incomoda como andar à chuva. Quando o vento cresce e parece que chove mais" (Alberto Caeiro).

Palestra sobre "A arte como mediação no trabalho com adolescentes" no Fórum de Saúde Mental (Sto. Amaro). Tema central: "Vulnerabilidades: ampliando olhares e práticas".

Obrigado Ana e Regina!!!



quinta-feira, 31 de maio de 2018

Espelho dos Invisíveis, em mãos!

Profa. Martinelli, obrigado por prefaciar a minha (nossa) obra e por acompanhar a minha trajetória!

"Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa"


sábado, 19 de maio de 2018

Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa

Pessoal, o livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa" já está disponível. Faça o seu pedido clicando AQUI.


sexta-feira, 18 de maio de 2018

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Chamada - Povo Haitiano (Peuple Haïtien)


Lançamento na X Semana de Serviço Social da Unifesp

Salve, pessoal. Ontem foi o primeiro lançamento do meu livro "Espelho dos invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa", na X Semana de Serviço Social na Unifesp, campus baixada santista. Seguem as fotos:




 







terça-feira, 8 de maio de 2018

Povo Haitiano (Peuple Haïtien) - Dia 18/05

Essa música é muito especial e contém uma história...

Em 2006, a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), promoveu a “Primeira Seleção Nacional de Arte e Cultura Hip-Hop” com o tema “Zele pelo Haiti, Pense no Haiti”.

Naquela ocasião, compus a música “Povo Haitiano” (Peuple Haïtien) e fui um dos nove selecionados, representante de Minas Gerais, a participar do evento que ocorreu em São Paulo/SP, como se vê na matéria feita pela PUC Minas.

Assim, com o intuito de socializar a produção e homenagear aquele País, irei lançar no dia 18/05 (dia da Bandeira do Haiti), a música Povo Haitiano (Peuple Haïtien), agora, com a produção do parceiro DJ Duck Jam.

Até lá! 
(Clique nas imagens para ampliá-las)



segunda-feira, 7 de maio de 2018

X Semana de Serviço Social da UNIFESP


Olá, pessoal

Participarei da X Semana de Serviço Social da UNIFESP, no dia 17/05, ministrando o mini-curso "As interfaces entre a cultura Hip-Hop e o Serviço Social" e, no mesmo dia, farei o lançamento do meu livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa".

Vejam a programação completa:

(Clique na imagem para ampliá-la)

quinta-feira, 3 de maio de 2018

terça-feira, 24 de abril de 2018

Seminário: Da Palavra ao Texto: a construção da narrativa (NEPI - PUC-SP)

Pessoal, participarei desse importante evento do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Identidade (NEPI), que é vinculado ao Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, da PUC-SP, no dia 23/05/18, quarta-feira.

Na ocasião, farei uma discussão sobre "Juventude Periférica, Cultura e Narrativa" e lançarei o livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa".

A seguir, a programação completa do evento!

(Clique nas imagens para ampliá-las)





Detalhinhos

Broto de Samambaia Amarela

Cabelo segurado de lado e para cima

(...)

O modo como junta os dentes...

Teu olhar parece um Jardim...


(Vulgo Elemento)

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Sobre a Profa. Myrian Veras Baptista

Pessoal, socializo com vocês a minha narrativa sobre a Profa. Myrian no dia do lançamento do livro Investigação, Ação e Defesa de Direitos: os ensinamentos de Myrian Veras Baptista, realizado no Centro de Estudos e Editora Myrian Veras Baptista.


terça-feira, 3 de abril de 2018

Lançamento do livro em Homenagem a Profa. Myrian

Evento emocionante...

Seguem algumas fotos do lançamento do livro em homenagem a Profa. Myrian, intitulado: "Investigação, Ação e Defesa de Direitos: os ensinamentos de Myrian Veras Baptista", organizado pelas Profas. Lila Luz e Maria Helena Cariaga e com textos dos/as autores/as Daniel Péricles Arruda (Vulgo Elemento), Eunice Terezinha Fávero, Evaldo Vieira, Jane Valente, Odária Battini e Rita Oliveira...

Obrigado Manoela Valença, Helena Veras e toda equipe do Centro de Estudos Myrian Veras Baptista!








terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

O corpo e o trabalho



Me programei para acordar cedo e escrever...

Mas o corpo pede cama, preguiça e guloseimas...

Vou respeitar o meu corpo, ao menos hoje...

O corpo do trabalho...

O corpo no trabalho...

O corpo fora do trabalho...

O trabalho do corpo...

O trabalho no corpo...

O trabalho fora do corpo...

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Sobre a exposição de Jean-Michael Basquiat



Na semana passada, estive na exposição de Jean-Michael Basquiat (1960-1988), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São Paulo.

As obras foram organizadas nos quatro andares do espaço, compondo, então, a trajetória artística de Basquiat.

Há muito sentimento nessa exposição. A sensação que me deu era a de que ele, Basquiat, estava ali, vivo, disponível para tirar fotos, dar autógrafos e conversar. E quem disse que ele não estava?

Nessa lógica, não se separa o artista de sua criação. Sendo assim: unidade e criatividade. 

Percebi o modo como as pessoas olhavam para as obras, como quem tentassem descobrir o seu significado...

De repente, ouço alguém dizer, "Ah, isso que ele fez eu também faço!"

Essa frase me chamou a atenção... Fiquei pensativo...

Como fazer algo que o outro fez, sendo que, todo fazer é inédito?

E não somente o fazer artístico, mas o sentido, a história, a sensibilidade e as condições de Basquiat para que pudesse desenvolver suas obras e desenvolver-se enquanto humano, são questões singulares! 

Salve, Basquiat!

Mais fotos em:
https://www.facebook.com/vulgoelemento/media_set?set=a.1541642782570686.1073741892.100001749374961&type=3


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Homenagem ao B.Boy Banks Back Spin (Por Vulgo Elemento)

Como muitos já sabem, no dia 27/11/17, o nosso mano 
Banks Back Spin (Ericson Carlos Silva) nos deixou...

B.Boy, ícone da cultura Hip-Hop... Foi na década de 90, 
em Belo Horizonte, que o vi, pessoalmente, pela primeira vez, 
participando do show do Thaíde & DJ Hum... 

Como se vê na foto a seguir: Marcelinho (vermelho) e Banks (azul):


Recentemente, em São Paulo, estive com ele em um sarau... 
Momento em que Banks nos apresentou uma outra habilidade; 
dessa vez, não foi a poesia de seu corpo, de sua dança, 
mas a poesia de suas palavras...

Encontrou na poesia falada um outro modo de ser...

Pouco antes de nos deixar, o vi no Museu da Imagem e do Som (MIS), 
mediando uma mesa sobre Hip-Hop e Africanidades, 
onde estavam King Nino Brown, Sharyline e Léo Papel...



No dia 27/02/18, foi realizada uma homenagem ao Banks, na Estação 
de metrô São Bento, em São Paulo/SP. Momento muito especial, 
que contou com a presença do grupo Back Spin Crew, Black Juniors, 
King Nino Brown, Thaíde, DJ Hum, Sharyline, Rose MC, 
Gaspar (Z'áfrica Brasil), Nelson Triunfo, MC Jack, Pepeu 
e vários outros...

Portanto, deixo aqui a minha homenagem ao Banks, por meio desse resgate histórico!
Com respeito e admiração, Vulgo Elemento.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Projeto de Extensão Escuta Clínico-Política - UNIFESP


INFORMAÇÕES:

http://www.unifesp.br/campus/san7/todos-eventos/1195-07-12-2017-roda-de-conversa-do-projeto-de-extensao-escuta-clinico-politica-de-sujeitos-em-situacoes-sociais-criticas-hip-hop-e-o-enfrentamento-a-violencia-prof-dr-daniel-pericles-arruda

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Fecha Comigo (Videoclipe)

Salve, pessoal...
Hi, guys...

Segue o videoclipe da música Fecha Comigo
Watch the videoclip: Fecha Comigo



terça-feira, 14 de novembro de 2017

Vulgo Elemento - Fecha Comigo (Teaser)

Salve, pessoal

Dia 20 de novembro, lançamento do videoclipe da música Fecha Comigo!

Cliquem para assistir o Tease:


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

III International Symposium - Adolescence(s): vulnerabilities, protagonisms and challenges

Cultura Hip-Hop e Serviço Social:
a arte como superação da invisibilidade social da juventude periférica

A juventude brasileira entre vidas e mortes

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Mulher da Vida - Vulgo Elemento



Mulher da Vida

Faço do meu corpo a minha alma...
Faço do meu corpo o meu mistério...
Faço do meu corpo a minha calma...
Faço do meu corpo o meu Império...

Toda mulher é da vida...
Mas qual é a vida da mulher?
Toda mulher tem vida...
Mas como é a vida da mulher?

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Dr. Vulgo Elemento




Esta semana, após alguns meses da defesa da tese, retirei meu diploma na PUC-SP...
Lutas... Desafios... Coletividades... Conquistas e Referências...
Momento especial para refletir a importante reflexão de Kabengele Munanga:

"A primeira atitude corajosa que devemos tomar é a confissão de que nossa sociedade, a despeito das diferenças com outras sociedades ideologicamente apontadas como as mais racistas (por exemplo, EUA e África do Sul), é também racista. Ou seja, despojarmo-nos do medo de sermos preconceituosos e racistas. Uma vez cumprida esta condição primordial, que no fundo exige uma transformação radical de nossa estrutura mental, herdada do mito de democracia racial, mito segundo o qual no Brasil não existe preconceito étnico-racial e, consequentemente, não existem barreiras sociais baseadas na existência da nossa diversidade étnica e racial, podemos então enfrentar o segundo desafio de como inventar as estratégias educacionais e pedagógicas de combate ao racismo” (MUNANGA, 2005, p. 18).

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Poéticas de um Estudante (Livro em áudio)

...Olá, pessoal!

Disponibilizo nas redes sociais o livro Poéticas de um Estudante, na versão áudio.


O livro na versão eBook está disponível nas seguintes livrarias virtuais:
Google Play, Amazon, Cultura, Kobo, Apple Store.


domingo, 6 de agosto de 2017

O papel do pesquisador frente às violações dos direitos humanos - Daniel Péricles Arruda

Pessoal, disponibilizo um sucinto texto intitulado: 
"O papel do pesquisador frente às violações dos direitos humanos". 

Para baixá-lo, clique AQUI.

Divulguem! Compartilhem!

Boa leitura!

VI Encontro Compreender Para Lutar e Transformar - Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos

Diálogos e reflexões...

Obrigado pelo convite, Luiz Kohara!

Foi muito bom ter conversado com vocês sobre Trabalho Social:
juventude periférica, cultura Hip-Hop e invisibilidade social.

Bom também foi conhecer a instituição e os profissionais e estudantes
de várias áreas do conhecimento que lidam e/ou se interessam por
essa temática...

... Continuemos na luta!

Abração!!!







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...