quinta-feira, 19 de março de 2020

Artigo publicado - Cultura Hip-Hop e Serviço Social: a arte como superação da invisibilidade social da juventude periférica


Salve, pessoal...

Em 2017, defendi a tese intitulada Cultura Hip-Hop e Serviço Social: a arte como superação da invisibilidade social da juventude periférica, no Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social da PUC-SP, sob orientação das Profas. Dras. Myrian Veras Baptista e Maria Lúcia Martinelli.

Tenho empenhado esforços para publicá-la; tarefa que leva tempo e exige paciência...

Porém, enquanto isso, socializo com vocês o artigo da tese publicado recentemente na revista Katálysis.

Clique AQUI para baixá-lo.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Coronavírus: o plano (Apenas uma reflexão)



Coronavírus: o plano (Apenas uma reflexão)

Criaram uma forma de exterminar os indesejáveis... 

- Como?

Pela saúde...

Criaram uma combinação infectante, mutante, migrante, propagante, impactante.

Fizeram de um modo a parecer que não há pessoas culpadas...

Desconfio: controle geracional para aqueles que são tratados como baratas...

Ou a culpa será de quem não lavar as mãos, de quem não espirrar na dobra do braço, aquela parte inversa do cotovelo.

Não toque no rosto, não toque no outro. Evite aglomerações: mas o metrô continua cheio.

Isso não é falta de sorte,
Pois até na doença e na morte alguém está lucrando, e não é o pobre. Acorde!

Tem algo diferente no ar.
Criaram uma coisa para atingir a todos, porém, alguns poderão escapar...

...Atim...

(Vulgo Elemento)


terça-feira, 10 de março de 2020

Como foi possível a extrema direita chegar ao poder?


Evento: Como foi possível a extrema direita chegar ao poder?
Debatedores: Luiz Eduardo Soares e Vladimir Safatle
Realização: Curso de especialização da PUC-SP: Psicanálise nas situações sociais críticas
Lançamento do livro "O Brasil e seu duplo", de Luiz Eduardo Soares

Após vários anos de conversas por e-mail, tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Prof. Luiz Eduardo Soares... Uma das minhas principais referências no debate sobre juventude, violência e invisibilidade...

Gentil, humilde e atencioso... Fiquei surpreso ao ser citado por ele em sua apresentação...

Clique AQUI para assistir o vídeo completo da atividade.








sexta-feira, 6 de março de 2020

Remédio para Rancor



Remédio para Rancor

Existe remédio para rancor?

Assim, tem... Mas não é industrializado...

Ele é doce, mas não tem açúcar...

É natural, mas depende da sua cultura.

(Vulgo Elemento)


segunda-feira, 2 de março de 2020

Artigo publicado - Amor Leve: sobre a necessidade de laços humanos

Olá, pessoal. Socializo o meu artigo "Amor Leve: sobre a necessidade de laços humanos", publicado na Revista de Estudos Literários (REVELL), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

CLIQUE AQUI para visualizar/baixar o artigo.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

O manejo de recursos audiovisuais na socioeducação - Revista Olhares - Unifesp

Olá, pessoal.

Socializando o meu artigo O Manejo de Recursos Audiovisuais na Socioeducação, publicado na Olhares: Revista do Departamento de Educação da Unifesp.

Para acessar o artigo, clique AQUI

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Cerimônia de Colação Festiva - Unifesp

Discurso proferido pelo Prof. Dr. Daniel Péricles Arruda aos/às formandos/as em Serviço Social da Unifesp, campus Baixada Santista, em 13/02/2020.


Boa noite aos presentes: alunos, alunas, professores, professoras, familiares, amigos, amigas, bem como aos profissionais que participaram da construção dessa cerimônia de Colação Festiva... Recebam os meus sinceros e fraternos cumprimentos! Cumprimento-os, com satisfação por estar aqui com vocês, compartilhando essa solenidade marcante, sensível e emocionante... Uso dos meus versos para saudá-los. É como se minhas palavras estendessem um tapete vermelho para cada um de vocês: entrem, sentem-se, fiquem à vontade. É como se meu olhar lançasse pétalas para acariciá-los. Sintam-se abraçados pela minha voz e acolhidos pelo meu sorriso.

Agradeço-lhes pela presença, pois cada presença é única: irrepetível, importante, indivisível, pulsante e, certamente, compõe esse mosaico afetivo que somos nós. Seremos testemunha de um rito, veremos uma das passagens do rio desembocando no mar; o mar que não se faz sozinho; o mar que é um conjunto de coisas unidas em três letras: M-A-R... O mar que depende das profundezas, do vento, do sol, das pedras, das margens, depende da água, da gente; assim como dependemo-nos uns dos outros, agora, para formarmos essa unidade.

Agradeço aos alunos e às alunas pelo convite para ser Paraninfo da turma de formandos e formandas em Serviço Social, da Universidade Federal de São Paulo, campus Baixada Santista. Confesso que não esperava! Outro dia, lá em casa, estava tomando café, quando abri o e-mail e vi: “Convite para Paraninfo e Homenageado – formandos 2019”. Quase engasguei! Logo pensei: “Só pode ser trote! Como assim?!”. Até que vi que era sério; tão sério como a minha alegria por estar aqui. Assim, obrigado pelo carinho e a responsabilidade que a mim foi atribuída. Junto a mim estão os/as outros/as professores/as, companheiros e companheiras de trabalho, que também participaram do processo de formação profissional de vocês. Em especial, cito e os parabenizo pela homenagem à Profa. Dra. Andrea Almeida Torres que, de fato, tinha os pés no chão, mente aberta e amplitude na visão. Imersa no debate sobre a ética, os direitos humanos e a relação entre a liberdade e a prisão, marcou a nossa vida acadêmica.

Essa vida acadêmica que não é tão simples; em que é preciso, às vezes, mudar de bairro, cidade ou estado; mudar ou sair do trabalho; se distanciar, temporariamente, de familiares e amigos; adiar ou abandonar outros sonhos, projetos de vida; ter que lidar com a perda de alguém muito próximo; ter que lidar com a falta de recursos financeiros; ter que lutar pela permanência estudantil digna; ter que parar para respirar e depois voltar, mais forte, talvez... E vivenciar a desconstrução daquilo que vocês eram para fazer construir aquilo que vocês queriam ser.

Mas, também temos que reconhecer os outros lados desse processo, como o aprendizado adquirido, elaborado e construído; as contribuições em grupos de estudos e pesquisas; o crescimento e o desenvolvimento pessoal; as amizades; aquele bate-papo sentados no chão da escadaria, do pátio e do corredor; a elaboração conjunta de cartazes para a manifestação; aquela alegria que acontece repentinamente quando se aprende algo que, até então, era difícil aprender; a alegria da aprovação... Aquela alegria que acontece na mesma velocidade do piscar dos olhos e que, comumente, não percebemos.

Penso na formação profissional como as estações do tempo: processos, condições, mudanças, ciclos e contradições... Pessoal, olhem para trás e vejam de onde e como vocês vieram! A gente cresce como as flores... Elas não são assim?! Encaram o frio, a chuva, o sol forte, mas também são visitadas pelas abelhas e pelo vento leve da brisa, são bem tratadas por aqueles que as respeitam; e, assim, elas florescem. Procurei ser jardineiro em seus caminhos, por compreender que vivemos em meio às pragas, ou seja, aos desgovernos e às diversas violências que enfrentamos diariamente, vocês sabem quais são.

Vocês devem estar pensando: “Poxa, ele tem razão! Mas quantas vezes tive que responder à pergunta: Por que você escolheu o curso de Serviço Social? O que faz um assistente social?” Fiquem tranquilos! Não farei essas perguntas aqui e agora. Mas não as ignorem. Não deixem de respondê-las, pois são perguntas que falam da origem e do desejo de cada um. Lembrem-se: cada um é o seu próprio rio, e a gente, juntos, formamos o mar. Na minha visão, essas perguntas valorizam as nossas histórias e nos posicionam no tempo presente.

Desse modo, o rio vai seguindo seu curso, desenhando percursos, fazendo aquele barulhinho que chamamos de “barulho d’água” que, nas palavras de Manoel de Barros, é a cobra de vidro. Daquela que dá a volta por detrás da casa; que, pela poética de sua imaginação, não se chama enseada.

E, assim, os parabenizo, manifestando o meu desejo de que vocês sejam felizes na vida e na profissão, que se atentem à ética, à formação permanente e à humildade em reconhecer que não são superiores aos outros porque concluíram um curso superior. Valorizem os silêncios, as escutas, as palavras, os diálogos, as subjetividades, as artes, as mediações, o lazer, o amor...

Saibam que, se eu pudesse, levaria cada um em seu primeiro dia de trabalho de mãos dadas, e segurando a mochila; como um gesto de carinho e proteção, assim como o jardineiro leva a semente até a terra; assim como as abelhas levam afago até a flor...






quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Projeto Educação com Arte, Cenpec, SP

Momento de leitura e reflexão... Essa é a equipe de arte-educadores/as do Projeto Educação com Arte - uma parceria entre o Cenpec e a Fundação Casa - coordenado pela Marília Rovaron.

Fico feliz de saber que o meu livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa" tem sido uma das referências do trabalho realizado por essa equipe, que, de modo criativo, desenvolve oficinas de arte e cultura nos centros da Fundação Casa na cidade de São Paulo e região metropolitana.



sábado, 18 de janeiro de 2020

Nova tiragem do livro Espelho dos Invisíveis

Foi a partir de minha vivência profissional com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa que pude construir um caminho de escuta e cuidado por meio da arte, cultura hip-hop...

Resultado dessa experiência foi a publicação do livro Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, em 2018.

E é neste ano, com entusiasmo e energia, que será organizada uma nova tiragem pela editora Expressão & Arte!

Por isso, agradeço a todos/as pela participação nos lançamentos, pela socialização, pelas indicações e pelas mensagens de apoio... Jac (E&A), muito obrigado pela atenção!



terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Vulgo Elemento - A luta pelo direito de ser fraco


A luta pelo direito de ser fraco

Tenho o direito de não querer mais lutar
Tenho o direito de querer ser fraco
Já lutei demais, agora, é hora de pensar
Pois, no momento, ecoa um grito opaco

O corpo se curva à própria alma
Nessa realidade que é tão íntima
Alguém me diz: "Vulgo, calma!"
Nessa poesia que é tão ínfima

Não faça o que eu faço
Quero um café, um livro e ficar um pouco sozinho
Nem todo vínculo contém um laço
Preciso escutar-me para construir o meu caminho

Tenho o direito de ser fraco, sim
É um processo para existir
A fraqueza, acredite, não é o fim
É uma estratégia para resistir...

(Vulgo Elemento)

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Desenhante

Recordação dos arte-educadores Camilo Bazzo e Adriano, do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC)...






segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Poesia Juventude Preenchida na coletânea Além da Terra, Além do Céu

Salve, pessoal... Socializo com vocês a minha última publicação do ano. Trata-se da poesia Juventude Preenchida, publicada na Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea intitulada Além da Terra, Além do Céu, pela editora Chiado...




Purificação


quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

História Triste (Vulgo Elemento)


𝐇𝐢𝐬𝐭ó𝐫𝐢𝐚 𝐓𝐫𝐢𝐬𝐭𝐞⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
O mundo é tão complexo!⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Tão complexo como as minhas simples palavras...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
O que está acontecendo com o mundo, gente?⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Falta gente na gente, gentilidade...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Quero ficar num lugar que não seja perto de perguntas...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Porque, às vezes, falar, dói demais...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
E, mesmo assim, o que tenho pra dizer não é tão agradável...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Você escuta história triste? Não?⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Então, não fique...⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Se sim, aproxime-se. ⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣
Fique na altura de meus olhos e guarde o seu relógio...⁣⁣⁣⁣
(Vulgo Elemento)⁣⁣⁣⁣

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Cisões (Vulgo Elemento)


CISÕES
A teoria está brigada com a prática.
A universalidade não quer ver a cara da singularidade.
A materialidade tretou com a subjetividade.
E o direito está em litígio com o dever.
(Vulgo Elemento)

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Se não fosse a arte (Vulgo Elemento)


Se não fosse a arte

Se não fosse a arte, hoje, eu estaria completando 22 anos de sepultamento, ou mais...
Se não fosse a arte, eu seria muito triste em minha tristeza, talvez, depressão...
Se não fosse a arte, eu não sei, não...
Pois sou intolerante ao desrespeito e ao preconceito...

Tento mandar o mais culto e erudito tomar no cu, mas faço isso com a arte.
Xingo meus algozes com poesias, e eles falam: “Muito bom, gostei!”.
Eles não percebem que tomaram um soco na ponta do nariz; depois, o sangue vai avisá-los...
Com a arte, eu assumo meus desejos, brigo, empurro, promulgo...
Com a arte, eu sou o Vulgo.

(Vulgo Elemento)

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Apresentação na Puc Minas

Fechamento da atividade realizada na PUC Minas:

Palestra sobre "Juventudes Periféricas, Cultura Hip-Hop e Medidas Socioeducativas" e lançamento do livro "Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa".


segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Trecho da palestra sobre Juventudes Periféricas, Cultura Hip-Hop e Medidas Socioeducativas, na PUC Minas


Palestra e Lançamento de Livro na PUC Minas

“Juventudes Periféricas, Cultura Hip-Hop e Medidas Socioeducativas"

Esse foi o tema discutido com os/as alunos/as dos departamentos de Ciências Sociais e Serviço Social, da PUC Minas.

Agradeço a todos/as pela oportunidade de socializar as minhas produções, em especial, o livro “Espelho dos Invisíveis: a arte no trabalho com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa”.

Foi gratificante conhecer os/as discentes, rever os amigos e reencontrar as professoras que fizeram parte da minha formação profissional...

Muito obrigado por tudo, pessoal! Valeu pela articulação, Profa. Çãozinha...

(Clicar nas imagens para ampliá-las)











Mais fotos, AQUI.

Vulgo Elemento ministra palestra e lança livro em BH (Matéria no Diário de Contagem/MG)


(Clicar na imagem para ampliá-la)



A matéria completa está disponível AQUI.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...